O que é Eletroneuromiografia?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

534

Focando em analisar a situação do sistema nervoso periférico e muscular, o Eletroneuromiografia é um exame que consegue através do registro das respostas elétricas geradas por um sistema, detectar graficamente por um equipamento chamado de eletroneuromiógrafo. De modo geral, as lesões causadas por esses sistemas determinam com facilidade doenças neuromusculares que representam um grupo bem grande de afecções que comprometem as unidades motoras. Para quem não tem conhecimento, uma unidade motora estende-se do corpo celular do neurônio motor inferior, raiz nervosa, nervo periférico, a junção neuromuscular até o tecido muscular esquelético.

Esse exame é essencial para o auxílio diagnostico terapêutico e prognostico de doenças neuromusculares, o que deve ser indicada após avaliação clínica de profissionais capacitados.  O foco principal deste exame é analisar a velocidade de condução elétrica e o estado de suas unidades motoras, pensando em detectar as lesões do sistema nervoso periférico e muscular localizando a lesão dentro da unidade motora. Outro ponto é conseguir quantificar a lesão, o que permite ao médico fazer o diagnóstico e prognóstico do paciente, ao localizar qual é o tipo de patologia, sendo ela axonal, desmielinizande ou mista. Além é claro, do tempo de evolução da mesma (aguda ou crônica).

O principal ponto positivo do exame está relacionado à questão da integridade motora dos membros do organismo do paciente, permitindo que o médico acompanhe as reações que o corpo apresenta ao longo do procedimento e, consequentemente, identificando as regiões que estão ou foram mais afetadas, contribuindo para que seja adotado alguma estratégia de tratamento para combater o problema. O exame de eletroneuromiografia dos membros inferiores ou superiores precisa ser realizado por um laboratório com experiência e com profissionais capacitados, para que o diagnostico seja mais preciso possível. Não deixe de procurar a Scan Diagnostico para mais informações.

*informações retiradas do site www.neurologia.srv.br.


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×