Como funciona o exame de mamografia após o silicone?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

 

Uma das cirurgias mais comuns hoje em dia é a de implantes mamários. Muitas mulheres possuem dúvidas sobre a questão da realização de exames como a mamografia, por exemplo. De fato, as próteses não atrapalham o procedimento, mas para tanto, o técnico precisa saber, para que possa ajustar o aparelho e manusear a paciente.  A mamografia é um dos exames mais importantes na vida de uma mulher, por isso, é importante que para ficar em dia com a sua saúde, a mesma realize-o adequadamente. Sua realização requere cuidado especiais na hora de analisar e interpretar as imagens para garantir um diagnóstico efetivo.

O exame é realizado da mesma forma, a diferença é que o mamógrafo, que é aquele aparelho que prensa os seios, será regulado para exercer menor pressão sobre eles. Para que o exame seja o mais tranquilo possível, ele precisa ser realizado com um profissional qualificado, em uma clínica de sua confiança e com os aparelhos ajustados de maneira adequada, não existe risco nenhum de uma prótese sofrer dano ou mesmo romper.

O resultado pode ser diferente com quem possui prótese de silicone? Como todo exame, a mamografia não é 100% em todos os casos. Sempre há a possibilidade de haver um  falso-positivo (quando o exame acusa a existência de um câncer sem a paciente realmente possuir um) ou também o falso-negativo (quando o exame não detecta indícios cancerígenos, mas na verdade há).

O resultado pode sem inconclusivo em até 30% dos casos, o que de fato dificulta um pouco a precisão do resultado e as conclusões do médico. Neste caso, o médico pode indicar uma ressonância magnética ou uma ultrassonografia mamária. Aqui na Scan Diagnóstico, você encontra os melhores profissionais para realizar seus  exames.


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×