Qual a real necessidade da densitometria óssea?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Dentre os exames mais importantes, a densitometria óssea é aquele que mede a densidade mineral dos ossos, comparando-os aos padrões do sexo e idade de cada paciente. Através do resultado é possível tratar a osteoporose e outras doenças que atingem os ossos. Vale ressaltar que a densitometria óssea é o único exame seguro para avaliação da massa óssea e predição de fratura óssea. O exame, geralmente dura em média de 15 a 30 minutos, onde não há necessidade de nenhum preparo especial ou jejum. A única recomendação é que não se tome remédios que contenham cálcio.

Na hora de realizar o exame, o paciente se mantém deitado sobre uma mesa imóvel, enquanto o tubo de raios X passa sobre o corpo, fazendo medições.  Sem dúvidas, são os idosos são os mais afetados pelas doenças nos ossos, principalmente, a osteoporose, por isso, a densitometria óssea deve ser realizada periodicamente (pelo menos uma vez por ano) por mulheres acima de 65 anos e por todos os homens acima de 70 anos. Além disso, também não podemos esquecer de um grupo de risco, como: mulheres na pós-menopausa, pacientes com doenças da tireoide, pessoas com história familiar de fratura ou de osteoporose, fumantes e sedentários, pacientes com doenças reumáticas, cálculo renal ou doença gastrointestinal, entre outros. O exame de densitometria óssea pode ser solicitada pelo médico pelo menos entre um ou dois anos, principalmente em casos de suspeita de algum tipo de doença dos ossos. Esse exame é mais exigido para os homens com idade entre 50 anos e mulheres após os 40 anos. Se você está precisando fazer o exame de densitometria óssea, não se preocupe e procure informações sobre todos os procedimentos, como também os locais mais indicados para esta especialidade. Nossa equipe pode te ajudar em tudo que precisa, onde o principal objetivo é auxiliar na forma mais segura de como realizar o exame. Converse com nossos especialistas e agende seu exame!


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×