Mamografia ajuda a detectar rapidamente o câncer de mama

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

A mamografia é um dos exames mais procurados para detectar o câncer de mama. Ele, nada mais é, do que a radiografia das mamas, um exame que utiliza radiação para revelar possíveis alterações no órgão e que exige a compressão suportável das mamas para uma melhor detecção de nódulos e possíveis tumores. Além deste exame, há um conjunto de ações que podem detectar o câncer de mama, tipo que mais mata as mulheres, e a tratá-lo. O SUS oferece mamografia nos postos de atendimento com agendamento antecipado.

Existem dois tipos de mamografia:

Mamografia convencional: a mama fica exposta ao raio X e ocorre a produção da imagem por meio de um filme como registro. Caso tenha problemas técnicos, o exame deve ser repetido;

Mamografia digital: Um tipo de raio X que transforma em um sinal elétrico que vai para o computador. A imagem pode ficar armazenada e pode ser recuperada. E ainda o técnico pode realizar ajustes de imagem quando necessário. Em muitos casos, não precisa repeti-lo.

Para mulheres jovens com até 35 anos, o ultrasom é mais indicado porque o tecido mamário é mais denso. Se essas mulheres fizerem mamografia, não vai aparecer nada, a glândula mamária fica opaca. Com o passar dos anos, parte do tecido mamário se transforma em gordura e, neste caso, a mamografia é mais eficaz e enxerga melhor o tecido gorduroso. É importante realizar esse exame com um profissional e clinica qualificados. O falso diagnostico pode levar a cirurgias e tratamentos desnecessários. Diante dessas controvérsias, o ideal é conversar com um profissional. A partir da sua história familiar e de outras características pessoais, ele vai traçar a estratégia de rastreamento mais eficaz para você.

Agende seu exame aqui conosco!


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×