Um pouco sobre a colposcopia

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Um dos exames mais importantes para a saúde da mulher, a colposcopia feito com o intuito de avaliar a vulva, vagina e colo do útero de maneira detalhada. Nas consultas ginecológicas de rotina, será examinada através de observação direta e recolhida uma amostra de células do colo do útero, enviada posteriormente para análise em laboratório.

 

Assim como os exames de rotina como papanicolau ou citologia do colo do útero, a diferença é que a colposcopia é a única forma de detectar células cervicais pré-cancerígenas que provocam lesões, evitando a evolução para cancro do colo do útero. Durante o procedimento é utilizado um colposcópio, uma espécie de binóculo que ilumina e amplia a visão da região. Porém, o uso de algumas soluções durante o procedimento também pode se fazer necessário, a fim de uma melhor observação.

 

Enquanto que no exame ginecológico comum o médico examina diretamente e a olho nu o colo do útero, durante a colposcopia o médico pincela na superfície dos tecidos um líquido que ressalta as lesões e examina através do colposcópio, a uns trinta centímetros de distância. O exame é indolor, mas a paciente apenas pode ter um ligeiro incômodo, causado pela colocação do espéculo vaginal e pelo líquido aplicado. As imagens podem ser visualizadas em um monitor que amplia o que está sendo avaliado. Caso seja detectada alguma área anormal ou suspeita de ser cancerígena ou pré-cancerígena, deve ser colhido material para biópsia.

 

Neste sentido, o exame é muito importante e precisa ser realizado por um profissional especializado e em um laboratório ou clínica credenciada. Por conta disso, não deixe de acompanhar nosso blog para saber mais e ficar por dentro de todos assuntos.


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×