Um pouco sobre o raio X

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Um dos métodos de criação de imagem por meio de um dos exames mais velhos do mundo é o de raios-x. Essa técnica é indolor e consiste em expor áreas do corpo a uma dose de radiação ionizante, o que geram imagens. Esse tipo de exame é utilizado principalmente para avaliar se houveram fraturas em ossos de forma geral e lesões em órgãos abdominais, além de ser utilizado também por dentistas.

Antigamente, todas as imagens geradas pelo exame de raios-x era registrada em filme. Hoje em dia, a técnica de raios-x digital já permite que a imagem seja digitalizada, podendo até ser armazenada, distribuída e impressa.

No Brasil, um dos lugares onde esse exame é mais utilizado é em São Paulo. Esse local possui vários profissionais capacitados para comandar esse tipo de equipamento. O exame de raios-x digital em São Paulo é muito utilizado pela população.

Quando for realizar esse tipo de exame, é recomendado ao paciente que use roupas confortáveis, preferencialmente de duas peças. A pessoa que vai passar pelo procedimento deve sempre trazer exames anteriores que estejam relacionados com o que vai ser feito. Isso ajuda no diagnóstico do problema.

O exame de raio X é feito por meio da emissão de radiação em direção a parte do corpo que deve ser avaliada.

Esta radiação sofre atenuações diferentes de acordo com a densidade do que encontra em sua frente e produz uma imagem nas placas digitais hoje utilizadas (antigamente eram filmes fotográficos).

Matérias mais densas, como ossos, costumam sair esbranquiçados nas radiografias, enquanto o ar dos pulmões, por exemplo, fica preto. Isso permite, por exemplo, saber se o ar está ventilando adequadamente todo pulmão, se um osso está quebrado, entre muitos outros achados.

Agende agora seu exame na Scan Diagnóstico (Taboão da Serra):


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×