Principais dúvidas sobre o câncer de mama

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Esta patologia aparece quando um grupo de células começa a se dividir por conta própria e de forma incontrolada. Se ainda por cima tem a capacidade de invadir outros tecidos e ir a outras partes do organismo, falamos de um tumor maligno.

No caso específico do câncer de mama, as células começam a se dividir e proliferar descontroladamente no tecido da glândula mamária. Daqui, pode se desenvolver de duas formas: invadindo estruturas próximas como ossos e músculos ou se expandindo através dos vasos sanguíneos e da rede do sistema linfático.

 

Por que aparece este tumor?

Cada uma de nossas células conta com mecanismos reguladores que controlam sua divisão e proliferação, funcionando como o freio e o acelerador de qualquer automóvel. No entanto, se estes sistemas se danificam, podemos ter um “acidente” em nosso “carro biológico”. Se isso ocorre nos tecidos da glândula mamária, poderíamos estar diante de um câncer de mama, sempre e quanto o tumor seja de caráter maligno.

Qual a influência do DNA?

A pesar de casos mediáticos como o de Angelina Jolie, apenas ao redor de 10 a 15% dos casos de câncer de mama têm uma origem hereditária. O DNA desempenha um importante papel na aparição dos tumores, mas não só pelos antecedes familiares.

Os danos no DNA não são de procedência exclusiva de uma predisposição genética. Hábitos pouco saudáveis e um mal estilo de vida podem provocar efeitos muito prejudiciais, de forma que fatores ambientais também estão por trás das mutações que causem a aparição do tumor. No caso do câncer de mama, algumas das mais conhecidas são erros nos genes BRCA1 e BRCA2.

Os exames mais comuns a se fazer é a mamografia!

– Mamografia convencional: a mama fica exposta ao raio X e ocorre a produção da imagem por meio de um filme como registro. Caso tenha problemas técnicos, o exame deve ser repetido;
– Mamografia digital: Um tipo de raio X que transforma em um sinal elétrico que vai para o computador. A imagem pode ficar armazenada e pode ser recuperada. E ainda o técnico pode realizar ajustes de imagem quando necessário. Em muitos casos, não precisa repeti-lo.

 

Agende agora seu exame na Scan Diagnóstico (Taboão da Serra):


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×